Passagem

Da ancoragem à coragem
Da adicção à dicção
De um dizer que não seja miragem
A um fazer que não seja vão.

Do somatizar ao só matizar
De ver comprido ao dever cumprido
Da boca voraz ao pé do ouvido
Do doer ao doar, da mão ao pão.

Sandra N. Flanzer, inédito

Email

Comentário sobre “Passagem

  1. Sandra! Hoje vim passear no seu Letrama…que delícia de passeio! Grande e sensível escritora..parabéns! Um beijo
    Dani

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>