Penas

Quantas penas se há de perder
Quantas perdas se há de penar
Até que valha a pena?

E sob a pena da tinta
A alma penada, apenas
Depenada, pinta.

Sandra N. Flanzer, inédito

Email

2 Comentários sobre “Penas

  1. Querida!Sempre vale a pena!
    Vale a pena que você escreve e vale a pena de penar até realizar-se plenamente, como você se realiza através da poesia!Lindoooo!!!BJKS.

  2. Pena ou pluma?
    Para a poeta tanto faz
    Sei que você fará mais uma
    E isso muito me compraz.
    Beijos do Arnaldo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>